domingo, 11 de fevereiro de 2018

Só de mim Próprio




Terminei um passeio, já que o frio me devolveu a casa.
Tudo por aqui é tão belo, que mesmo com frio, sinto-me confortável.
Durante o reduzido passeio, pensei na noite que horas antes terminava ainda toda a gente se divertia, pelos bares alegres da cidade.
Reuni alguém que me acompanha nesta caminhada e vivemos juntos o aniversário do filhote longe, mas senti-o tão perto de nós, que juntos lhe oferecemos o calor que a nossa amizade solta.
O jantar foi delicioso, o adorável marisco e as maravilhosas ofertas, já fazem de nós clientes amistosos. Nesta gente que luta como só nós o sentimos, por uma vida que nos dignifique.
O resto da noite, foi recheada de bebidas e brindes ao puto. Mesmo com os gerentes. Que fizeram questão de oferecer parte do que emborcamos.
Sinto-me tão bem, que por vezes penso, que não necessito de ninguém. Só de mim próprio.

Sem comentários: